CÂMARA DE CURRAIS NOVOS - RN

Notícias

Curso de Espanhol da UFRN e implantação do Espanhol na rede municipal motivam Audiência Pública

04 Dez 2019 em Ausônio Talis, João Neto, Notícia, NOTÍCIAS, Tércia Lêda, TV CÂMARA, TV câmara, ZEFINHA, Zefinha Moura

 

O Poder Legislativo Curraisnovense realizou nesta segunda-feira (2), uma Audiência Pública com o tema “10 anos da Licenciatura em Letras Espanhol da UFRN/Currais Novos e a implantação do Espanhol na rede municipal de ensino”, no auditório da Câmara Municipal e com transmissão ao vivo pela Tv Câmara. 

“O Brasil é único país da América Latina a falar uma língua diferente, a gente fala Português, os demais países falam Espanhol e a gente vive meio que de costas para a América Latina em relação a essa questão da língua”, disse a vereadora Tércia Lêda, a propositora da Audiência. 

A vereadora Zefinha Moura e os vereadores Ezequiel Pereira e João Neto estiveram presentes. Na platéia estavam acadêmicos do curso de Espanhol da UFRN e representantes da Escola Tristão de Barros.

Fizeram parte da Mesa o vice-prefeito, Anderson Alves; o secretário de educação Jorian Santos; o presidente da Associação de Professores e Estudantes de Língua Espanhola do RN e representante do IFRN, Miguel Linhares.

Além do representante da direção da UFRN, Alexandro Teixeira Gomes; o chefe do Departamento de Letras, Márcio Sales, o acadêmico do curso de Letras/Espanhol, vereador Ausônio Talis e o coordenador do curso de Letras/Língua Espanhola, Sebastião Rabelo. 

“Agradeço aos professores Miguel e Alex por terem procurado o nosso gabinete e trazido essa demanda. Essa é uma demanda que eu já tinha a compreensão da necessidade, eu só não tinha ainda elaborado nesse nível de projeto de lei, mas eu tinha a compreensão da importância do ensino de Espanhol na rede municipal de ensino”, destacou Tércia Lêda

Na Audiência foi criada uma Comissão que vai fazer o estudo de implantação da Língua Espanhola na rede municipal de ensino. O projeto de lei que regulamenta a inclusão do Espanhol na rede está em tramitação na Câmara Municipal.

 

Texto: Priscila Adélia Pontes


Mais Notícias